Edital Formação Inicial e Continuada 2/2018

EDITAL Nº 28, DE 30 DE MAIO DE 2018

PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO DE ESTUDANTES NOS CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) NA MODALIDADE PRESENCIAL DO CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL – ESCOLA TÉCNICA

DE  CEILÂNDIA/CEP- ETC

OSECRETÁRIODEESTADODEEDUCAÇÃODODISTRITOFEDERAL,nousode suas atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 105, § único, da Lei Orgânica do Distrito Federal e pelo Art. 182, do Regimento Interno desta Secretaria – Decreto n° 38.631, de 20    denovembrode2017,RESOLVE:TORNARPÚBLICOoProcessoSeletivoparaingress de estudantes nos cursos de Formação Inicial e Continuada no Centro de Educação Profissional – Escola Técnica de Ceilândia (CEP-ETC), situado no endereço QNN 14 – Área Especial – Ceilândia – DF para o 2º Semestre do ano letivo de 2018.

  1. DISPOSIÇÕESGERAIS
    • O Processo Seletivo destina-se ao provimento de vagas nos CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) NA MODALIDADE PRESENCIAL para os cursos presenciais: Assistente Administrativo, Assistente de Recursos Humanos, Barbeiro, Cabeleireiro, Costureiro Industrial do Vestuário, Manicure e Pedicure, Marceneiro, Montador de Equipamentos Eletroeletrônicos (com ênfase em Robótica, Programação em C aplicada ao Arduíno), Operador de Computador, Programador Web, Montador e Reparador deCompu- tadores(SuporteTécnicoemInformáticaeRedesdecomputadores).
    • A realização dos cursos presenciais de Formação Inicial e Continuada está condicionada àmatrículade,nomínimo,10(dez)estudantesporcurso/turno.
    • O resultado do Processo Seletivo de estudantes previsto neste Edital será válido apenas paraopreenchimentodasvagasofertadasno2ºSemestrede
    • O Processo Seletivo será regido pelo presente Edital e executado pela Comissão Local designada pelo Conselho Escolar, composta pelos seguintes membros: Titulares: Iris Teixeira dos Santos, matrícula nº 212.985-X, Conselheira Escolar, Edmo Martins Gomes Filho – matrícula nº 202.800-X, Supervisor Pedagógico, e Suplente: Kátia Paula da Silva Bruno – matrículanº785-7,CoordenadoradeCurso.
      • A Comissão Local será presidida pelo Diretor da Unidade Escolar: Joubert Almada Corrêa-matrículanº252-3.
      • À Comissão Local cabe a responsabilidade de planejar as etapas do Processo Seletivo; acompanhar a publicidade e a execução; divulgar os resultados; analisar a compatibilidade do laudo médico apresentado com as exigências e peculiaridades do curso pleitado e receber, analisarejulgarosrecursos,interpostospelos
      • É vedado à qualquer membro da Comissão responsável pela realização do certame possuir vínculo familiar com algum candidato, conforme previstos no Decreto-DF nº 32.751/2011, que define como familiar cônjuge, companheiro(a) ou parente em linha reta ou colateral,porconsanguinidadeouafinidade,atéoterceirograu,
      • A Coordenação Regional de Ensino de Ceilândia será responsável, junto à Comissão Local do CEP-ETC, pela divulgação e pelo acompanhamento de todo o Processo Seletivo de que trata este
  1. DA FORMA DEACESSO
    • O Processo Seletivo destina-se ao provimento de vagas, por meio de ordem de chegada dos candidatos na Secretaria Escolar do CEP-ETC para os CURSOS DE FORMAÇÃO INICIALECONTINUADA(FIC)naMODALIDADE
  2. DOSCURSOSEDASVAGAS
    • A oferta de cursos presenciais de Formação Inicial e Continuada, o número de vagas por turnos, o pré-requisito e o perfil de egresso e campo de atuação para o 2º Semestre letivo de 2018,segueconformetabelaaseguir:

 

 

Cursos

Número

de vagas

Turnos Pré-requisito Perfil do egresso e campo de atuação
 

Assistente Administrativo (320 horas)

60 M Ensino Fundamental II (6o ao 9o ano)

– Completo Idade mínima de 14 anos

Atua nos processos administrativos de empre- sas urbanas e rurais, executando atividades de apoio nas áreas de recursos humanos, finan- ças, produção, logística e vendas, observando os procedimentos operacionais e a legislação.
60 N
Assistente de Recursos Humanos (320 horas) 60 V Ensino Fundamental II (6o ao 9o ano)

Completo Idade mínima de14 anos

Realiza atividades de apoio à administração de pessoal em processos como controle de jor- nada de trabalho e pagamento de encargos so- ciais, 13o salário, férias e rescisão de contrato. Prepara, organiza, solicita e emite documentos e processos de acordo com a legislação tra- balhista. Organiza informações cadastrais dos

empregados.

Barbeiro (320 ho- ras) 25 M Ensino Fundamental I (1o ao 5o ano)

Completo e Idade Mínima

de 16 anos

Atua no segmento de beleza, realizando ser- viços de barba e cabelo masculino.
Cabeleireiro (400 horas) 25 V Ensino Fundamental II (6o ao 9o ano)

Completo e Idade Mínima de 16 anos

Destinado a pessoas interessadas em qualifi- car-se na profissão de Cabeleireiro.
25 N
Costureiro Indus- trial do Vestuário (240 horas) 50 V Ensino Fundamental I (1o ao 5o ano)

Completo e Idade Mínima de 16 anos

Opera máquinas de costura industrial, visando o domínio das mesmas, trabalhando sob a su- pervisão técnica, de acordo com as normas e procedimentos técnicos de qualidade, seguran- ça, higiene e saúde. Modela peças do ves- tuário, considerando a estrutura, caimento e sentido do fio dos tecidos e as instruções es- pecificadas na ficha técnica para  elaboração de moldes.
50 N
Manicure e Pedicu- re (320 horas) 25 V Ensino Fundamental I (1o ao 5o ano)

Completo e Idade Mínima

de 16 anos

Atua no segmento de beleza, realizando hi- gienização, lixamento, corte, polimento e es- maltagem das unhas. Utiliza diferentes técni- cas, procedimentos de biossegurança, mate- riais e produtos, conforme as necessidades e características do cliente, respeitando os limi-

tes éticos e os critérios estéticos regionais.

Marceneiro (320 horas) 30 M Ensino Fundamental I (1o ao 5o ano)

Completo Idade mínima de 16 anos

Projeta, confecciona e restaura produtos de madeira e derivados. Interpreta projetos, de- senhos e especificações. Produz artefatos ou móveis de madeira, desde o desenho, passan- do pela preparação da madeira, cortes, encai- xes, polimento e acabamento. Elabora orça- mentos. Entrega e monta produtos confeccio- nados sob medida ou restaurados. Observa normas de qualidade, saúde e segurança.
30 V
30 N
Montador de

Equipamentos

25 M Ensino

Fundamental II

O  curso  introduz  o  estudante  no  mundo  da

Robótica, da programação e daeletrônica, uti-

Eletroeletrônicos     (6o ao 9o ano) lizando o projeto do microprocessador Arduí-
(com ênfase em

Robótica,

   

Completo Idade

no.
Programação em C     mínima de 14  
Aplicada ao Arduí-

no)

    anos  
(240 horas)        
Operador de Com-

putador (240 ho-

50 M Ensino

Fundamental II

Pesquisa e navega na internet. Usa correio ele- trônico. Configura sistema operacional, apli- cativos de escritório de edição de textos e periféricos. Organiza a entrada e saída de da- dos em sistemas de informação e seleciona programas de aplicação a partir da avaliação do usuário.
ras)     (6o ao 9o ano)

      Completo
      Idade mínima
      de
      14 anos
50 V
  75 N  
Programador Web (320 horas) 25 M Ensino Fundamental II

(6o  ao  9o ano)

Capacitar o estudante para criação e desen- volvimento de páginas e programas web com acesso a base de dados utilizando a Lingua- gem de Programação PHP.

Conhecer suas principais características, estru- turas, bibliotecas e métodos utilizados no de- senvolvimento de aplicativos para Web.

      – Completo Ter
      conhecimento
      em Lógica de
      Programação
      Idade mínima
      de 14 anos
25 V
  25 N  
Montador e

Reparador de

20 M Ensino

Fundamental II

O curso fornecerá subsídios práticos viven- ciados em ambiente real, para que os discentes tenham condições de diagnosticar e resolver conflitos de hardware e software envolvidos em um ambiente computacional, bem como compreender as diversas tecnologias existentes no mercado, oferecendo inclusive suporte à redes de computadores com plataforma clien- te/servidor.
Computadores     (6o ao 9o ano)
(Suporte Técnico    
em Informática e     Completo
Redes de computa-     Ter certificado
dores)     de Operador de
(400 horas)     Micro Idade

mínima de 14

      anos
20 V
  20 N  
  • Serão reservadas 5% das vagas por curso e por turno, para candidatos comdeficiência.
  • Os cursos poderão apresentar a opção de formação específica da área com complementação sobre: relações humanas no trabalho, cidadania organizacional, banco de dados, matemática aplicada, redação oficial, português aplicado, biossegurança na estética, informática aplicada e lógica. Tais complementações são obrigatórias e o estudante só será dispensadocasoparticipedoprocessodeaproveitamentode

O estudante deverá frequentar as complementações específicas de seu curso. Caso já tenha feito curso equivalente, poderá entrar com pedido de aproveitamento de estudos das disciplinas complementares (ANEXO I), apresentando certificado com carga horária e conteúdos compatíveis, na Secretaria da escola. O Aproveitamento de Estudos (AE) referente ao 2ºsemestrede2018ocorreránoperíodode06a09deagostode2018.

Os candidatos aos cursos de Operador de Computador serão submetidos a um teste de nívelnaprimeirasemanadeaula,paraformaçãoemelhoradequaçãodeturmas.

Para ser considerado APTO e receber a certificação, o estudante deverá ter frequência igualousuperiora75%eseraprovadoemtodososcomponentescurriculares.

  • Os cursos de Formação Incial e Continuada são regulamentados pela Portaria 193/17. O total de horas, conforme definido na Matriz Curricular, está disposto na tabela do item 4.1 para cada
  • O candidato deverá apontar, no ato da inscrição, para os cursos que sejam ofertados em maisdeumturno,aorespectivoturnoqueirá
  1. DASMATRÍCULAS
    • As matrículas para o Processo Seletivo serão realizadas, por ordem de chegada, na Secretaria Escolar do CEP-ETC, situado na QNN 14 – Área Especial – Ceilândia – DF, no período de 25 a 28 de junho de 2018. O horário de atendimento da Secretaria Escolar será das8hàs11h,das14hàs17hedas19hàs
    • Poderãomatricular-se:
      • Candidatos com a escolaridade e a idade mínima requeridas, como pré-requisitos para cadacurso,conformeatabeladoitem1.atéadatadeiníciodocurso.

Anãoobservânciaaoitem4.2.1acarretaránaeliminaçãodocandidato.

  • No ato da efetivação da matrícula, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:

Comprovante de escolaridade (original e cópia), se for declaração de escolaridade somenteaoriginal,atualizadanosúltimos30diaspelainstituiçãodeensino;

  • Original e cópia simples da carteira de identidade ou outros documentos descritos na Lei Federal nº 12.037/2009 (carteira de trabalho, carteira profissional, passaporte, carteira de identificação funcional, outro documento com foto que permita identificação do candi- dato);
  • OriginalecópiadoCadastrodePessoaFísica-CPF;
  • 2 (duas) fotos 3×4 coloridas e recentes (não serão aceitas fotos reproduzidas com o uso de”scanner”,digitalizadas,fotocópiascoloridasoufotoanteriormenteutilizadas);
  • Original e cópia simples do comprovante de residência atualizado ou declaração de residênciadeprópriopunhodocandidato,nostermosdaLeiDistritalnº225/2008,
  • TipagemSanguíneaefatorRH,conformeLeiDistritalnº379/2009.
  • Para os candidatos com deficiência, além dos documentos descritos no item anterior, deverá ser apresentado laudo médico original e cópia simples, emitido nos últimos 12 meses, atestando o tipo e grau de deficiência, com devido registro do Código correspondente na Classificação Internacional deDoenças.
  • A matrícula deverá ser efetivada pelo candidato ou, se menor de 18 anos de idade, por seu responsável
  • Ao candidato impossibilitado de efetuar sua matrícula pessoalmente será permitido fazê- la por intermédio de terceiros, mediante apresentação de Procuração Simples do candidato, acompanhadadeidentidadeoriginaldoprocuradoreosdocumentosdo
  • O candidato que desejar interpor recurso deverá se manifestar, por escrito, durante o períododematrícula,preenchendoorequerimentonaSecretariaEscolardoCEP-ETC.
  • OrecursoserájulgadopelaComissãoLocal,ematé24horas,apóssuainterposição.
  • Ao candidato será ofertado a oportunidade de efetuar matrícula no mesmo curso apenas 2 (duas)
  • Será formado um Cadastro Reserva até o limite de 30% das vagas ofertadas, por curso, para possíveis chamadas adicionais, que serão divulgadas por meio de listagem afixada nas dependênciasdoCEP-ETCenosítiodaunidadeescolar,etcdf.com.br.
  • O estudante que efetivar a matrícula, porém não comparecer às aulas naprimeira semana e não apresentar justificativa legal até o final da primeira semana de aula (30/07 a 03/08/2018), será considerado desistente e substituído pelo candidato subsequente no Ca- dastroReserva(sehouver),nãocabendo
  • Havendo vagas remanescentes, após exaustão do Cadastro Reserva, o CEP-ETC rea- lizará chamadas para a comunidade, com estabelecimento e divulgação pública dos critérios paramatrículas.
  • As convocações de que tratam os subitens 5.14 e 5.15 serão feitas por meio deanúncios nos murais do CEP-ETC, Coordenação Regional de Ensino de Ceilândia e nos sítiosdaSEEDFedaescolaetcdf.com.br.
  • Os estudantes menores de 18 anos que optarem pelo turno Noturno só poderão ser atendidoscomautorizaçãoexpressadospaise/ouresponsáveis.
  1. DAIMPUGNAÇÃO
    • Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar o presente edital de processo seletivo por irregularidade na aplicação da legislação, devendo protocolar o pedido até 5 (cinco) dias úteis após a publicação no DODF, na Diretoria de Ensino Profissional, localizado no Setor de Autarquias Norte, Ed Phenícia, 8º andar, devendo a Administração julgar e responderà impugnaçãoematé3(três)diasúteis.
  2. DAS DISPOSIÇÕESFINAIS

6.1.É de responsabilidade do candidato, atentar a quaisquer comunicações, avisos oficiais ou normas complementares editadas pelo CEP-ETC, os quais serão fixados nos murais da Unidade Escolar, da Coordenação Regional de Ensino de Ceilândia e no sítio da Secretaria   deEstadodeEducaçãodoDistritoFederal(http://www.se.df.gov.br).

  • A validade do resultado deste Processo Seletivo está restrita ao 2º semestre letivo de 2018.
  • Os Planos de Ensino referentes à oferta presente neste Edital e outrasinformações encontram-sedisponíveisnosítioetcdf.com.br.
  • A declaração falsa ou a apresentação de documentos falsos, inexatos ou incompletos acarretará o cancelamento da matrícula e a anulação de todos os atos decorrentes, em qualquer época, ficando o candidato sujeito às penalidades legais, assegurado o direito ao contraditórioeàampladefesa,comosmeiosaela
  • Este Processo Seletivo não acarretará custos extras para a Secretaria de Estado de Educação do Distrito
  • Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Local responsável pelo Processo Seletivo.

 

JÚLIO  GREGÓRIO FILHO

 

 

 

 

ANEXO I

 

  COMPLEMENTAÇÕES
DISCIPLINA PERFIL  DE SAÍDA
Informática Aplicada Promover o conhecimento e capacitar ao estudante na utilização dos recursos de informática, como utilização do Sistema Operacional e a aplicabilidade do uso do

Editor de Texto, bem como o acesso a Internet.

Cidadania Organizacional Proporcionar visão global da Ética e do Direito (Legislação).

Propiciar conhecimentos específicos atuais sobre a responsabilidade, ética jurídica e suas consequências. Sensibilizar o estudante sobre a forma dinâmica com que o mercado atual se comporta e as oportunidades de êxito neste mercado, conscien- tizando-o sobre os direitos e deveres do trabalhador, e informando-o sobre a le-

gislação relativa às profissões.

Matemática Aplicada Desenvolver atitude crítica e reflexiva em relação ao uso da matemática e es-

tatística.

Lógica Aplicar conceitos e técnicas de raciocínio lógico necessário à solução de problemas computacionais. Desenvolver algoritmos de baixa e média complexidade a partir de

requisitos predefinidos.

Português Aplicado Esta disciplina abordará atividades de leitura, interpretação e produção escrita; os textos utilizados serão de interesse dos estudantes e com base no seu curso de

formação.

Redação Oficial Compreender a importância do ato de ler e escrever para a formação do indivíduo como ser ativo na sociedade. Conhecer as normas de padronização vigentes para elaboração de textos técnico-científicos e Redação Oficial, observando aspectos re- lacionados à coesão, coerência e estrutura gramatical; redigir textos técnico-cien-

tíficos e oficiais, observando suas especificidades e características.

RelaçõesHumanas

no Trabalho

Estimular a apresentação de comportamentos adaptativos ao ambiente de trabalho,

promovendo o autoconhecimento e autoestima equilibrada.

Biossegurança na

Estética

Conscientizar os profissionais da área da beleza quanto aos riscos de contaminação

e às normas de biossegurança a serem seguidas adequadamente.